sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Devo dizer que sou uma génia informática (ou tenho um talento especial para procurar soluções insuspeitas... e hoje é um dia muito bom para encontrar soluções!). Tudo porque o disco - que o técnico informático dizia morto e enterrado, inutilizado, improdutivo, defeituoso (entre outras coisas insultuosas e nitidamente injustas), cuja utilidade seria apenas a de ser substituído por outro - está neste momento formatadíssimo e pronto a receber milhares de ficheiros catitas e fundamentais à minha existência...




















e sim! estou mar-mar!

cross your fingers

vou formatar o disco para resolver makas informáticas...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Somos todos joguetes nas mãos desses.... capitalistas!



[care to comment?]

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

singularíssimo




Nas palavras da C&M, este filme SIM!
Este filme é só para quem pode.
E este homem é lindo!




terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

tem calema






















Comparadas com as de Leça, estas ondas parecem umas meninas, mas não são! a Praia Morena nem parece a mesma e diz que até morreram oito pessoas na Caota...






































Aqui deste lado também está um temporal que mete medo, a luz já foi abaixo 2 vezes, os telefones passaram-se e pareciam possuídos pelo demónio e dado que estou sozinha no office devia parar de visualizar a minha morte retalhada nas escadas de emergência, ou estrangulada no parque de estacionamento, até porque, como diria essa sábia senhora que dá pelo nome de mommy, coisa-mai-linda do meu coração, eu sou uma caguinchas e não é nada saudável alimentar-me as medriquices (é mais forte do que eu... fazer o quê?)



[obrigada amigo Ziza, pelas petites fotos ;)]

sábado, 20 de fevereiro de 2010

"82 se tudo correr bem... se a vida permitir... se eu lá chegar..."

Custa-me escrever-te as memórias porque desenvolvo rancores incógnitos. E não gosto de me enervar com coisas que não possa esmurrar. Vamos antes inventar um conto de fadas. Elas são as fadas e nós as fixes. Elas vestem-se catitas e têm asinhas, nós também temos roupas giras, mas os pés bem assentes. Vivemos sempre em boas vielas e encontramos muita gente, boa e má, mas só levamos connosco os que querem mesmo-mesmo vir. E também só gostamos destes. Às vezes ouvimos músicas em repeat como se não houvesse amanhã. Estamos sempre juntas, eu danço coisas malucas para ti e tu esforças-te por não rir enquanto me repreendes. Tu não hesitas em ligar-me sempre que precisas da minha voz, em vez de ficares a pensar como seria bom se eu estivesse ali. Abominamos gentalha que nos rouba os táxis e nos esfrega malaguetas na roupa a secar (empanturradas de inveja, as gordas!), mas nem nos damos o trabalho de rogar-lhes males. Cantamos Amália, mas apenas fingimos compreender o fado, porque na verdade ele nunca nos doeu nesse sentido. De vez em quando adormecemos e sonhamos coisas bonitas, e um dia destes ele bate-nos à porta. Os cavalos brancos estão fora de moda mas as orquídeas não, e os one-77 ainda menos. Não vivemos felizes para sempre porque isso não existe (todos os meses têm um ou dois dias maus), mas somos felizes com aquilo que temos e entregamo-nos à vida e ao amor como ninguém, e aqueles que nos esqueceram não nos fazem falta.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

leave me alone

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

pilipili à lareira

"Oh! A chama renasce sempre..."















"... e é preciso DEIXÁ-LA MORRER!!!"

































[um dia destes somos internadas...]

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

L.: então? onde vão almoçar hoje?
moça: vamos ali ao tasquinho? come-se bem e barato!
F.: hummmm... tasquinho? não sei se gosto disso...
L.: vá, F.! se a moça gosta, também tem que gostar!
F.: hummmm... não sei! ela já esteve em Angola... além disso ela é uma máquina trituradora de comida...
moça: [:O] máquina trituradora? MÁQUINA TRITURADORA???????

(depois do almoço...)

T.: afinal a moça não parece uma máquina trituradora... é mais... debulhadora mecânica...
moça: a vingança serve-se fria!
















[piquena actualização...]
o que o F. diz: ah! isso são os débitos dos acréscimos do ano passado!
o que eu ouço: mhuiahsduygqaedc,kiaehodfqhyefcui
o que eu respondo: lasichlaiwnhwcuh aqgrh cquezfgrh gr yx
F.: a sério! estou a ficar preocupado! devias ir para casa dormir!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

É que devemos ter sido p'ra lá de felizes na outra vida!

Isso ou andávamos a ser agraciadas sem disso darmos conta. Ou então não apreciávamos verdadeiramente a sorte que tínhamos. Ou apreciávamos, mas não soubemos aproveitar. Ou estamos agora a passar por tudo o que é mau para depois sermos felizes até ao fim dos tempos.
Isto porque agora parece que está tudo a ruir. Para quem não tinha segurança, para quem tinha mais ou menos, e para quem tinha toda a segurança do mundo. Puxam-nos o tapete como quem atira um caroço de maçã por cima do ombro. Eliminam-nos! mas deixam-nos na reciclagem para mais tarde recuperar (nunca se sabe!). E totós, acreditamos, apoiamos, pactuamos, incentivamos! Inventam desculpas esfarrapadas, insultam-nos os neurónios, fazem troça de nós.
Não é nada comigo! Quando é comigo, não sou capaz de me revoltar, não sou capaz de pensar, não sou capaz de levantar o queixo e seguir! Mas quem não merece, não merece! E há gente por quem eu ponho MESMO as mãos no fogo!
E nem se despedem porque isso seria admitir que falham! E isso não pode ser!



Pronto! Hoje estou assim, cheia de ódios que não me pertencem!
E há uma ou outra pessoa que esbofeteava se encontrasse hoje!

hoje estou capaz de bater em alguém

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Descomplicómetro para a mesa 3, por favor! Obrigada!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Eu sei, eu sei! Ando a escrever por imagens, mas não tenho tempo para mais. É que sou mais rápida a encontrar imagens do que a escrever. Mas o sossego fica-se por estas bandas... talvez tenha que passar aqui mais tempo para assim inspirar o resto da minha vida. Quando penso que o trabalho está a acalmar, tenho uma solicitação adicional. Quando penso que vou ter uma noite para mim, a tiny li requisita-me. E tenho que fazer tudo com o coração nas mãos. É que a tiny li já tem aulas de condução

AULAS DE CONDUÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!

oh deus! não devias por um carro nas mãos de um bebé! não me conformo com a ideia de ela não precisar de mim! eu dou boleia, seja a que horas for, sim?!?



[vou experimentar roupa]

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

1
.
.
.
.
.
.
2
.
.
.
.
.
.
3
.
.
.
.
.
.
4
.
.
.
.
.
.
5
.
.
.


























Estava um pouco deprimida, confesso! Os macacos do árctico estão lá a encantar o meu povo, e eu não estou lá com eles... até fui comprar uma Wii e tudo, a ver se me fazia feliz.
Mas afinal foi o meu pUorto quem me reequilibrou as hormonas, e amanhã já não vão ter que me aturar os humores, prometo!


























As coisas selvagens também são bonitas.
Acho que este é o tipo de filme que se adora ou detesta.
Só se adora se entrarmos no espírito e nos deixarmos sonhar...


[=^.^=]

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

"I'm the captain of my soul"




























Quando me perguntam quem eu gostaria de conhecer, se pudesse encontrar qualquer personalidade, de qualquer época, qualquer país, eu tenho uma resposta-cliché: Nelson Mandela. Se tinha vontade de conhecer a África do Sul, agora tenho ainda mais!