quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Eu sei, eu sei.... fez um ano, ontem, nem comemorei, nem escrevi... há dias assim...

Até ia escrever sobre as minhas inquietações há um ano atrás, as certezas e as incertezas, e fazer um belo paralelo com o momento actual, as conquistas e os redondos-e-atribulados-falhanços, as (in)definições de hoje e as previsões para o futuro.
Mas não me apetece! Porque isto é um vira o disco e toca o mesmo. Mudam-se os tempos, os lugares, as pessoas, mas mantêm-se as dúvidas, as paranóias, as esperanças e os desejos... vão variando é os motivos.
Cresci em sentidos e aspectos diferentes dos esperados, mas cresci! Boa! Palmas para mim, e para todos os que me levam à boleia.




[still, aviso quando souber quem sou]

Sem comentários: