segunda-feira, 31 de agosto de 2009

:P

ela: "não sejas assim! és mau!"
o ex: "pois sou! mas tu não gostas de mim murcho!"
ela: "eheheheh... feios, porcos e maus fazem mais o meu género..."
o ex: "isso é recente... no meu tempo era só a parte dos maus..."


e assim nasce uma gargalhada...

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Agora sim!

Cheguei!

Não ter as minhas coisas comigo era algo que me impedia de me instalar verdadeiramente e é como se a minha chegada estivesse pendente pelo atraso da minha bagagem...
Hoje finalmente chegou. Depois de muito ter viajado (ou não) a minha mala chegou sã e salva.
Desde que viajei pela Air26 esta tornou-se a minha companhia favorita em Angola, e eu sabia que não era por acaso - a ser salva, tinha que ser por eles, que amavelmente me devolveram a minha vida esta manhã.

Agora, se me dão licença, vou ali fingir que trabalho enquanto conto os minutos para sair daqui e ir para casa arrumar as minhas coisinhas... *.*

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

eu sou desnaturada

... mas ela gosta de mim assim!!!
Sou um bocadinho convencida, mas é assim mesmo, juro!

Desde não-sei-quando (tenho que ir ali ver a data do 1º post... só uns segundos... volto já...... ok... 19 de setembro) escrevo neste coiso e, ao que parece, nunca falei da minha Bia, e por causa disso, recebi uma reacção destas:
"Falou para a Silvia, neste momento encontra-se a amuar, por favor deixe mensagem após o sinal, Obrigadaaaa (msg para ser lida com voz sexy)"
Por isso, e apesar de saber que as desculpas não se pedem, em jeito de compensação, tenho todo o prazer em postar um texto inteiramente dedicado à minha Bia.

Se não me lembrava da data do primeiro post, muito menos me lembro da data exacta em que nos conhecemos, dado que os mamutes ainda respiravam e já nós eramos as melhores amigas...
Atravessámos juntas a idade do armário, enfrentando lado-a-lado os adversários desses tempos. Distanciavamo-nos da maioria, admito, porque eramos diferentes, sempre gostamos de ter opiniões próprias. Pensávamos sobre a vida e o futuro mais que o habitual na nossa geração e apoiavamo-nos mutuamente em tudo o que nos dissesse respeito. Nunca pusemos de lado a nossa individualidade, e cada uma de nós tinha visões diferentes, constantemente debatidas, o que nos levou (acho eu) a crescer muito uma com a outra.
Ela sempre foi a que mais sofreu. Mas não acho que tenha sido apenas isso que a tornou quem é. De certa forma, acredito que a mulher forte e decidida que vejo hoje estava dentro dela desde que nasceu.
A dada altura, seguimos caminhos diferentes. Eu dediquei-me inteiramente ao meu rumo, mas nunca perdemos o contacto, nunca deixámos de assegurar que a outra estaria bem, ainda que menos íntimas que outrora.
Nos tempos de crise, procuramos sempre o nosso porto seguro. Ela é o meu.
É a minha outra mana, só de coração.
Felizmente, nos últimos 2 anos temos estado próximas como nunca, e ela é uma parte imprescindível da minha vida. Por isso é que não preciso de escrever mais sobre ela.

As verdades indiscutíveis são assim mesmo. Não carecem de comentários.


Ora toma!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

caca

A minha mala anda a viajar por Angola: já esteve no Lubango e agora voltou para Luanda, agora dizem que talvez amanhã aterre finalmente em Benguela, mas não estou muito optimista...

... acho que vou começar o luto! :'(

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

podia ter sido perfeito

Não fosse a mala ter ficado no Lubango. De resto, tudo impecável... só umas horas de sono, e estou de volta ao trabalho cheiiiiiiiinha de força! :P

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Quantos somos hoje?

Hoje é dia de show-off


Alegrete

Marvão

Castelo de Vide

Nisa

E dizer ao menino "oh... ah... blablabla" é saudável e recomenda-se a pessoas com o meu grau de palermice...


[o porco já levantou vôo]

terça-feira, 18 de agosto de 2009

férias

As palavras são daqui, e descrevem melhor do que se me ocorre a última semana....

A semana foi de :

- calor (humano e não só!)
- gargalhadas (de todos os estilos e variações)
- sorrisos
- amizade
- água e chuva
- barbaridades (das boas)
- pessoas simples que nos ensinam o que realmente interessa
- crianças (e o que despertam em nós)
- conversas “para a cabeça” (não muitas, mas intensas e que mexeram comigo)
- castelos e casinhas brancas, lindas
- “kinders” LLLOOOLLLL
- bóias e sofás insufláveis que pereceram na batalha
- egoístas e altruístas
- pipocas e papoilas
- panachês e sangria
- música … para quase todos os gostos
- falhas de memória
- reencontros
- caminhadas
- estrelas cadentes e chuva de meteoritos
- manicure
- pequenos almoços maravilha
- rasgos de paz em que o mundo à volta simplesmente não existia

Eu estou grávida, qual é a tua desculpa?



E parafraseando (mais uma vez) a luxana-banana, "OBRIGADO a todos os que nos "adoptaram" nem que fosse apenas momentaneamente!"

Continuo a achar que devíamos ter feito um diário de todas as situações caricatas, em especial as relacionadas com as frases existentes apenas na Luxipédia, porque acho que vai ser difícil pô-la a repetir tanta coisa gira p'ra se dizer... ainda assim, o prémio vai para a I., com a já célebre "temos o pipi à mostra"... (tinha MESMO que divulgar esta...)

Memorável, e a acrescentar à lista, só tenho (assim de repente) o boobs flash da L. na Portagem aos velhos idiotas que pensavam que nós só falávamos português (e cuja nacionalidade não vou revelar, para não parecer xenófoba); as ruas íngremes; a preocupação do mano da F. com os comentários e olhares dos meninos alegres e a consequente dissertação das gajas sobre não olhar para as mamas das gajas enquanto se fala com elas; a enriquecedora discussão sobre OPÇÕES (sociais, não as financeiras); falar das xuxas como se não houvesse amanhã; a arte imensa e subaproveitada de Nisa e uma sociedade como se pensa que já não existe; as P. (ou uma boa parte delas) a cantar o "Amanhã de Manhã" no Karaoke de Alegrete, arrasando por completo a competição ;) ; o brunch no café austríaco; o fado; o bairro alto em saltos altos; ser atirada e atirar a M. para a piscina; ser uma azeitona (ou coisa que o valha) e uma pistachia; aprender um pouco sobre a vida dos Gormitis graças ao M. e o seu dedo que NÃO podia ser cortado; os pequenos-almoços dignos de deusas; os jogos de UNO; o ralo na piscina, um lugar (im)provável para ter um ralo?; os canitos recém-nascidos; o Castelo de Alegrete, o Castelo de Marvão e o Castelo de Vide...

e para a próxima coloco mais fotos!

domingo, 16 de agosto de 2009

de volta


De volta à minha cidade e ao meu rio (again...) depois de umas mini-férias lá pro sul.
Cá por dentro grito a plenos pulmões, mas quanto mais grito, menos escrevo. Indeed. Prometo que vou fazer um esforço por contar tudo em breve. Por enquanto, deixo-vos espreitar só um bocadito...
























quinta-feira, 6 de agosto de 2009

O copo meio vazio

Ainda faltam umas sapatilhas e umas sandálias (rasas)!!!









(... mas estas Melissa Harajuku já são minhas... *.*)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009