terça-feira, 26 de maio de 2009

pfff

Fim-de-semana para comemorar o teu aniversário sem ti.

Pensei em ti (quase) o tempo todo, tentei lembrar-me de quando nasceste, e fui relembrando pequenos pormenores.

Lembrei-me das primeiras vezes que ouvi comentários empenhados em passar despercebidos, enquanto não havia certezas, para eu não criar a expectativa de vir a receber o que tantas vezes pedi: uma irmã.
Quando a mãe me contou, quando a mãe começou a crescer e como me falava de ti, que tu vinhas aí, que eu devia ajudar...
Lembro-me como foi um alívio quando souberam que não estavas doente, como se desconfiou quando nasceste, quando se percebeu como foi só uma história hilariante para contar mais tarde.
Adorei aprender contigo o banho, a muda de fralda, vestir-te aquelas roupinhas (embora raramente o fizesse) - aos meus olhos, eras uma entre as minhas bonecas, mas uma mais frágil, uma da qual todos tínhamos (mesmo) que cuidar.
Os primeiros passos, as primeiras traquinices - lembro quando me arrancaste um brinco da orelha, a brincar no meu colo. Fazeres queixa à mãe de tudo e de nada e acordares a meio da noite a gritar por eu te roubar batatas!!!
Lembro-me de quando mudaste de escola e não querias, porque tens uma particular aversão à mudança... lembro como te adaptaste e mais tarde confessaste que nem percebias porque não querias mudar, que tudo fazia sentido então...
Lembro-me como nos rimos e levamos os pais à loucura com as nossas parvoíces, lembro-me de não conseguir parar de rir e de como isso é uma constante na minha vida quando estou ao teu lado!
Lembro-me de estar deitada a chorar e de tu te deitares em cima de mim para me abraçar.
Lembro-me da última grande mudança na tua vida e lamento não a ter acompanhado, por ser uma boa parte dessa mudança. E surpreendes todos porque, apesar do teu medo da mudança, mais uma vez dás a volta por cima quando mostras as tuas cores e toda a gente se fascina!


(aishiteru... desculpa não estar aí para comer bolinho contigo)

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Só porque sim!

Só porque sim, ontem comprei formas para fazer fondant. Corrijo - compraram-me formas, forminhas, pequenas, tamanho-queque, para fazer fondant de chocolate, mas ainda não experimentei, por isso fiquem atentos.

Só porque sim, há dias fiz uma lasanha bolonhesa, e ninguém foi para o hospital com uma severa revolução do sistema digestivo, e melhor ainda, ninguém sofreu um choque anafilático...

Só porque sim, há tempos fiz uma coisa nova... fui ao ginásio (esqueci-me de vos contar... sorry)! E pronto, como nunca fui a um ginásio na vida, não tenho termo de comparação, pelo que posso dizer apenas que é simpático... experimentei a passadeira, a bicicleta e mais 4 máquinas diferentes: abdominais, coxas, braços e coxas. Foi engraçado, o ambiente é porreiro, o preço é acessível (cerca de 56€ mensais para 3 dias por semana), e sempre era uma coisa diferente para fazer ao final do dia... pena é que tenha fechado na mesma semana em que decidimos inscrever-nos, para manutenção/remodelação. E ao ritmo a que as coisas se passam por estes lados, lá para o dia de S. Nunca podemos contar com a reabertura... :S

quarta-feira, 13 de maio de 2009

rEvIgOrAdA

Isto começam a parecer relatórios quinzenais!!!

Ora, pois bem... já me recuperei totalmente do segundo boicote da mosquitada (desejosa de que não se repita, claro!) e já há muito voltei ao ritmo habitual!
Isto por aqui tem andado numa roda viva, tipo papel espalhado, lápis na orelha, trincar canetas, cabelo amarrado e óculos a cair... não sei por onde começar e estou longe de ver onde vai acabar, mas tasssssssssss... convivo bem com isso, e o tempo passa veloz-veloz!
Claro que não veloz o suficiente para me sentir próxima, mas veloz o suficiente para pensar que vai passar rápido e que logo-logo é Agosto...

Além disto, os fins-de-semana têm fugido à regra, e este último trouxe a novidade de uma praia pseudo-deserta verdadeiramente inacreditável! Entre outras descobertas, a Praia da Lua foi sem dúvida a vencedora, qualquer coisa de superior se passa ali e tudo se conjuga num ambiente e numa paisagem perfeitos... diria imperdível, mas sei que a probabilidade de vos convencer é muito reduzida! Não deixo fotos porque não tenho... e mesmo que tivesse, não captariam aquilo que se passa ali ["isto aqui é mesmo a sério?", "o quê?", "isto... 0"], além de que assim ainda posso manter uma esperança de vos convencer a uma visitinha [keep dreaming, right?]!

De resto, as semanas vão passando e vocês vão-me faltando, mas aqui a malta proporciona coisas engraçadas, que ajudam a passar o tempo, e quando der conta já estarei farta de vos aturar... :P

[keep telling yourself that...]