terça-feira, 14 de outubro de 2008

4 semanas

Faz hoje 4 semanas que aqui cheguei...

Este foi o meu sábado... umas horas num sofá, outras no outro :P

Fiquei por casa, a "minha", finalmente (os meus sofás são bem fofinhos!), não tinha carro nem companhia, por isso cozinhei, comi, li, vi televisão, dormi... pensei um bocadinho, não muito, para não me cansar :P e até vi o filme do Garfield.

Tenho um abastecimento de carne de porco na arca congeladora suficiente aí para uns 3 anos, logo o almoço foi carne de porco salteada à moda de caramela-que-não-sabe-cozinhar com batatas aos cubinhos fritas (confesso que me estava mais a interessar o acompanhamento que a carne e estava com um particular desejo de comer batatas aos cubinhos...). Também tive tempo para lavar loiça, descansar, fazer chá, descansar, arranjar as unhas, descansar, arrumar roupas, descansar, fazer a cama, descansar, beber um chocolate quente, descansar.... (isto para terem uma ideia da canseira que foi.... ufa!).

Descobri que me falta um coador, um piaçava, um cesto para a roupa suja, um suporte para talheres, frascos para colocar a esparguete, o arroz e assim (não me apetece que andem bichezas a passear por embalagens abertas), guardanapos, compota, salsichas, atum... também me falta um microondas, uma toradeira, uns chocolatinhos, uns iogurtes, entre outras coisas com as quais nem vale a pena sonhar... no meio de tantas descobertas, não tive tempo para deixar de adorar passar um dia apenas comigo!


À noite, lá tiveram a amabilidade de me ir buscar para jantar, no Pátio do Areias, o restaurante da Pensão Contente. Comi um choco grelhado delicioso (tudo muito bem servido, dá uma luta interessante....), tomámos café na esplanada do Porta-Aviões (ainda não vos tinha falado deste - é um restaurante que tem este nome porque tem, de facto, a forma de um porta-aviões) e seguimos para o Lobito - serão no Lobito's Café. Éramos 4 pessoas, eu e 3 senhores que, em vez de me protegerem (como é habitual que aconteça, pondo de parte a discriminação de género), lançaram-me para a boca do lobo, e perante um convite de um angolano para dançar uma tarrachinha, em vez de me salvarem, quando eu digo que não sei, dizem "vai lá! aprendes!"... temos que encarar que a dança é apenas dança, apesar de ser bastante, vá!, sensual.... e pronto, não é assim tão mau, é apenas... TRAUMATIZANTE!!!

Domingo foi dia de patuscada! Cerca de 25 pessoas (portugueses e angolanos) à volta de uma mesa a comer arroz de carne, frango frito, saladas diversas, batatas fritas, sopa... e até leitão, muito bom, por sinal! Tudo muito bem regado a Cuca, Carlsberg, vinho tinto, Coca-cola, Sprite, e diversos sumos de fruta... um miminho que durou das 13h às 22h!
A malta da Catumbela continua a ser a campeã da hospitalidade, estão sempre atentos e preocupados com o bem-estar dos seus convidados, são verdadeiros anfitriões, algo que nem no nosso Portugal (que até é bastante hospitaleiro, ou hospitalar, de acordo com um futebolista qualquer...) se vê!

Hoje tive uma bela surpresa... penso que já tinha comentado um dia destes como é difícil encontrar gente com inicitaiva e novas ideias por estas bandas, right?
Pois bem, hoje abri a porta à minha "maid" por volta das 07h20, hora habitual de chegada e fui vestir-me (vestir-me para sair... não estava despida, naturalmente!). Sou extremamente metódica, então encontrei este formato de organização do tempo que me parece o ideal: abro-lhe a porta, visto-me enquanto ela serve o pequeno-almoço e quando estou pronta ataco o mata-bicho... Pois bem, qual não é o meu espanto, hoje, quando, ao voltar à sala, tenho na mesa não apenas o meu pãozinho fresco, a manteiga, o leite quente, o chocolate e o café... mas ainda, quentinho, ainda a fumegar, fantástico e bem passado........... (rufos de tambores)......... OVO ESTRELADO!!!!! :D

Muito bom! Quase lhe dava uma beijoca! É claro que isto lhe podia sair muito mal, eu podia ser daquelas pessoas que odeiam essas coisas pela manhã... mas suspeito que ela já percebeu que eu sou um pouco comilona... perspicaz a miúda!

E pronto... apenas uma má experiência ontem à noite com uma barata GIGANTE na minha cozinha, no meio do tachos, que fez com que o acto de jantar se tornasse uma verdadeira aventura - claro que fiz uma daquelas figuras idiotas de saltar, sair a correr, gritar, procurar insecticida por toda a casa (e não, não havia), arrepiar-me todinha só de pensar naquelas antenas viradas para mim, e até falar com a maldita barata - experimentei ameaçá-la de morte a ver se ela fugia (e não, não resultou!). Resultado: lá ganhei coragem para voltar a entrar na cozinha, voltar a fechar a porta do móvel dos tachos, agarrar no tachinho que estava no frigorífico, levar para a sala, sentar-me estrategicamente na mesa de forma a observar eventuais movimentos do inimigo enquanto comia o meu arrozinho de cenoura e os meus bifinhos grelhados (não, não aqueci, para isso teria que estar na cozinha virada para o fogão - de costas para o armário onde estava montada a emboscada!) :S

... eu sei, era quem me desse um par de estalos - isso ou uma uzi para ter no bolso e estar sempre prevenida quando me aparece uma bicheza destas.... ainda bem que moro sozinha.... é só figuras triste naquela casa! :D

6 comentários:

JFDourado disse...

Tadinha da baratinha! ela só queria ser tua amiga... ;)

moça disse...

:D
Com amigas assim... quem precisa de inimigos... :P

Carina disse...

Então resumindo a história toda: basicamente tu não fazes NADA!!!! Bela vida... e voluntariado? Não?

Mas tu estás a viver sozinha? Não ias ter a companhia de dois MENINOS???

Beijinhos grandes para a MELHOR senior do MUNDOOOOOOOOOOOOOOOOO ;)

moça disse...

Infelizmente, este sábado não foi por opção que não fiz nada... deixaram-me sozinha e sem meio de deslocação! :(
Quanto à companhia, já não sei nada, só sei que irei ter companhia... quem é, quando vem, quantos são, não faço ideia! Mas pela demora, diria que vêm do Japão, e de barco... :P

Beijos aos montes!!!(Não posso dizer que é para a MELHOR assistente do mundo, senão teria que aturar um ataque de ciúmes de, pelo menos, outras duas... hihi)

B. disse...

:)

Gosto mesmo de te "ler" :)
Consigo imaginar-te a fazer tudo o que descreves, incluindo a cena com a barata (temos candidatas a óscar?!...)

Uns com tanto e outros com tão pouco... Quem me dera, às vezes, ter tempo para fazer "todo o nada que queremos", como diz o Calvin!...

Diana Pinheiro disse...

Isto fez-me lembrar a Roménia... era muito frequente os meus dates com baratas gigantes...
Aqui nos States só... mas só... tenho de me preocupar com os milhentos lagartos que me aparecem pela frente cada vez que ando... ah... e com os sapos e as rãs que adoram a nossa piscina... até já nadei com eles... bluggggghhhhh!!!