terça-feira, 30 de setembro de 2008

hoje acordei com esta música na cabeça...

I'm yours - Jason Mraz

Well you done done me and you bet I felt it

I tried to be chill but you're so hot that I melted

I fell right through the cracksand now

I'm trying to get back

Before the cool done run out

I'll be giving it my bestest

Nothing's going to stop me but divine intervention

I reckon it's again my turn to win some or learn some

I won't hesitate no more, no more

It cannot wait, I'm yours

do ya do ya do ya did

Well open up your mind and see like me

Open up your plans and damn you're free

Look into your heart and you'll find love love love

Listen to the music of the moment maybe sing with me

A la peaceful melody

And It's our God-forsaken right to be loved love loved love loved

So I won't hesitate no more, no more

It cannot wait I'm sure

There's no need to complicate

Our time is short

This is our fate, I'm yours

Scooch closer dearand i will nibble your ear

I've been spending way too long checking my tongue in the mirror

And bending over backwards just to try to see it clearer

My breath fogged up the glass

And so I drew a new face and laughed

I guess what i be saying is there ain't no better reason

To rid yourself of vanity and just go with the seasons

It's what we aim to do

Our name is our virtue

I won't hesitate no more, no more

It cannot wait I'm sure

There's no need to complicate

Our time is short

this is our fate, I'm yours

Well no no, well open up your mind and see like me

Open up your plans and damn you're free

Look into your heart and you'll find love love love

Listen to the music of the moment come and dance with me

A lá one big family

It's your God-forsaken right to be loved love love love

I won't hesitate no more, no more

It cannot wait, I'm sure

There's no need to complicate

Our time is short

This is our fate, I'm yours

No please, don't complicate

Our time is short

This is our fate, I'm yours

No please, don't hesitateno more, no more

It cannot wait

The sky is your's!

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

weekend



FABULOSO!!!

Não, não me estou a referir à marca de detergentes, mas à realidade do meu fim-de-semana: um estrondo!

Apesar de ter começado vergonhosamente, dado que adormeci como uma menina na sexta-feira e só acordei no dia seguinte, de tal forma que nem vi o meu Puoooorto, carago! (Cheirinho a leite, lá em casa...), foi correndo pelo melhor a partir de sábado e atingiu o seu auge ontem à tarde!

Uma má experiência, que não recomendo a ninguém, todavia!: não sei se têm consciência, mas esta malta passa-se um bocado, aka, dão-lhes-estradas-novas-e-eles-matam-se-a-rodos!!! No sábado à noite, a caminho do jantar no Hotel Restinga, vi pela primeira vez um morto na estrada... sim, estava morto, e não, não é raro acontecer.... confesso que fiquei um pouco impressionada, até porque mais tarde vimos mais 2 acidentes (um choque forntal entre duas Land Cruisers e uma carrinha que ARRANCOU a bomba de abastecimento!!!!!!)

Valeu o maravilhoso jantar no Hotel, dado que comi lagosta grelhada, e já estava com uma ligeira saudade de marisco e coisas BOUAS! e sabem como é importante para mim alimentar-me bem ;)

Lá no Hotel (que, já agora, esclareço que fiquei a conhecer porque quem o está a gerir é um casal de portugueses amigo do meu coleguinha Eng.º)

Sábado
Mas já o dia tinha começado bem, dado que depois de ter dormido como se não houvesse amanhã, acordei, mimei-me um pouquinho (banhoca, cremes, máscaras, limas e coisas assim), comi o meu Nestum, vi um filme, e parti com o Sr. Eng.º para o Lobito - fomos ao Shop Rite fazer comprinhas e ao Zulu (bar na praia!) almoçar um prego com batata e ovo a cavalo (pronto, este foi o ponto fraco, dado que esperei 1 hora por uma amostra de carne acompanhada de óleo com batatas, mas tasss, não sou esquisita...).

[aposto que a maior parte das meninas está a suspirar pela qualidade da minha fútil manhã... mimos e compras...]


Logo de seguida conheci a Restinga! É tão fofiiiinha!!!! Muito querida, mesmo, assim que cheguei ao pé dela, puxou a minha mão para lhe fazer miminhos! ^^ fiquei logo derretidinha!!!! ... e passamos a tarde com o casal amigo a jogar cartas e ver tv até à hora de jantar... voltámos a Benguela já às 3h da matina e, quais bebés de leite, fomos pa caminha, porque já estávamos cansaditos!

Domingo
Às 10h já a pé, lá comi o meu Nestum, vi um filmezito, pastelei, almocei e lá fomos para a Catumbela, para assistir à prova de karts, que começava às 16h... a prova foi muito fixe, a pista é a própria vila, e descobri que a malta até tem jeito para a coisa, mas não houve grandes acidentes nem esbarramentos aparatosos, como o meu povo gosta!

Mas o ex-libris da Catumbela é, sem dúvida, o povo - lindo, afectuoso, caloroso, puro, divertido... e campeão da emborcação de fino!!! Cruzes! Nunca vi beber TANTO fino na minha vida... esta gente bebe como se não houvesse amanhã... e independentemente do "amanhã" ser segunda-feira!!!

Mas a melhor parte foi mesmo o facto de ter sido, de imediato, acolhida como se já me conhecessem desde criança - são LINDOS!!! Toda a gente é afectuosa e quer garantir que eu tenho tudo... e tudo do melhor, ou seja: bebemos finos do melhor (acho que era Ngola, a melhor cerveja Angolana, mas se não era, parecia, porque era muito boa :P), comemos caranguejo do Namibe, tremoços, picanha, chouriço e alheira!!!
E ainda voltei para Benguela a conduzir a Hilux, que já tinha saudades :P...

Querem melhor? Nem no paraíso, mesmo!

[antigamente dizia-se que os homens se conquistavam pelo estômago... mas acho que estamos verdadeiramente a evoluir na igualdade dos sexos... acho que já me conquistaram ;)]






sexta-feira, 26 de setembro de 2008

que arte!

video

Polícia Sinaleiro em Luanda.

Carinho?


Qual carinho, qual quê?

Desenganem-se aqueles que pensam que a família está cá para nos apoiar e dizer que temos razão! Nada disso!

Nada como uma BOA dose de insensibilidade e imparcialidade pela manhã para o dia correr logo melhor...

Se, em vez de nos fazerem um carinho, nos bufarem na ferida, colocar paninhos quentes na testa e nos levarem uma canjinha à caminha quando estávamos doentes, os nossos paps nos tivessem berrado insensivelmente: "não faças fita, faz-te mulher(homem)!" nós seríamos muito mais fortes e nada nos poderia pôr em baixo!

Sorte a minha, que tenho uma irmã que trata disso, e sempre que eu estou em baixo e preciso de desabafar... ou quando estou a criar expectativas irracionais acerca de alguém ou alguma coisa... trata de me chamar à razão e me dizer as verdades, nuas e cruas, como elas são, sem meias palavras, sem paninhos quentes, e sem palmadinhas nas costas!!!
Porque isso é o que eu mereço e o melhor que ela tem para me oferecer (sem qualquer tipo de ironia, agora!).

E só porque eu tenho um orgulho ENORME em tudo o que ela é, apesar de não concordar com o que ela diz e preferir continuar a ver as coisas com a minha dose de romantismo inocente (porque somos diferentes e isso define quem eu sou, e NÃO QUERO mudar)... tinha que partilhar com toda o mundo que a ADORO, tal como ela é, e não sei viver sem ela!!!

(Toma lá!)

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

novo ritmo


Regresso à paz de um lugar familiar... a pouca poeira que levantou, já assenta e posso agora refazer a rotina que, essa sim, é muito diferente!
Faz hoje uma semana que aqui estou e estou como em casa...
também não há muito para conhecer, o que facilita as coisas!!!

(se hoje dançasse, seria uma valsinha...)

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Quase tudo!


O fim-de-semana foi de morte... há apenas uma discoteca em Benguela (que até é engraçada), o nome é Tchirinawa, e o que é verdadeiramente divertido na noite é observar o comportamento dos locais... qual National Geographic! É incrível como somos diferentes... há um clima constante de engate aqui (as mulheres são MESMO agressivas!!!).
(Óbvio que não vou contar as minhas figurinhas... quem me conhece sabe que eu me porto sempre bem!)

Por outro lado, há uma pequena comunidade portuguesa aqui, e dado que os meus colegas têm feito o grande favor de me aturar e levar a todo o lado, sinto-me quase em casa....


No domingo até fomos à praia... que também é um conceito um pouco diferente aqui... ou melhor, para nós é o normal (pastelar e tostar) mas para os Angolanos ir para a praia está intimamente relacionado com beber até cair e deixar o lixo na areia... o pôr-do-sol é que é um pouco precoce... aí por volta das 17h30, 18h já não há sol... :(


Ontem tive duas experiências importantíssimas e que estavam a faltar na minha lista de aventuras:

1. Provar funje (não é assim tão mau, vá! - imaginem que fazem uma massa de pão de milho e em vez de a cozer no forno a cozem em água... voilá! sai uma espécie de puré que cola no tecto e não sabe a nada além do molho que lhe quisermos colocar!)

2. Ficar sem água (ou melhor... é como a cena do balde e da merda - haver água, até há, mas a electrobomba avariou, logo a pressão da rede não é suficiente para fazer a água chegar até nós...)


Desventuras aparte.... isto até tem corrido bastante bem... com algumas boas surpresas pelo meio... mas isso são cenas dos próximos capítulos ;)


(não achavam que iam saber sempre tudinho! fiquem lá com quase tudo que já é bem bom!)

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Feriado...


Isto não é para quem quer!
A data de vinda para Benguela foi mesmo muito bem escolhida... chego aqui num dia ao fim da tarde, e no dia a seguir... é feriado!!! Toca de passar o dia na pastelice, a conhecer um pouco da cidade, em particular da esplanada ao pé da praia... :P
É para quem pode!


Cá está o aeroporto militar de Catumbela... tem estes MIG's que achei deveras interessantes, ou pelo menos o suficiente para arriscar um pouco e tirar uma foto apesar de me terem dito para NÃO tirar fotos em locais/edifícios oficiais... :P

Eu acho que valeu a pena... ainda não levei um tiro...

Esta é a vista da janela do meu quarto actual... :D

O 1º dia de trabalho...

Boas noites! Lá foi o 1º dia de trabalho, correu bem, não se fez nada :P Mas é um pouco seca, porque só temos uma placa para toda a gente e fica complicado comunicar.... depois de um belo dia de feriado, com um belo almoço na pensão contente (garoupa grelhada) e uma tarde passada no 'Porta-aviões', o café com esplanada à beira-mar, o jantar no Tan-tan soube muito bem (comida a kilo)...
Fui pela primeira vez picada por um mosquito esta noite, o que não é de admirar, dado que me tenho esquecido de me besuntar de repelente e já era sorte a mais...
Também já tive oportunidade de abrir a minha 1ª conta bancária em dólares!!! e descobri como mitrar filas no banco, que dá sempre jeito... basta passar toda a gente à frente, mesmo....

Primeira anedota angolana: um Alemão foi para o inferno, e lá o diabo perguntou-lhe para qual das alas do inferno ele preferia ir - o inferno alemão ou o inferno angolano - explicando que no inferno alemão ele teria que comer 3 baldes de merda por dia e no angolano 5 baldes... surpreendentemente, o alemão escolheu o inferno angolano... quando o diabo lhe pediu para explicar porque razão ele escolhia o inferno angolano, diz o alemão: 'eu sei que no inferno alemão só como 3 baldes de merda, mas no inferno angolano, um dia falta a merda, outro dia falta o balde....' parece-me que esta anedota reflecte bem a realidade angolana... (não temos luz... :))

Há também um sem número de expressões a adicionar ao léxico, como por exemplo:
- ainda (que significa não!)
- tamos juntos (tá-se bem)
- engajamento (integração no espírito angolano)
- fixi (fixe com pronúncia angolana :P)
- mambo (uma coisa qualquer, cena)
- coiso (idem, mas estão MESMO sempre a dizer coiso!!!)
- ya (no comments)
- ginguba (amendoins)
- cuca (a mesma coisa que em Portugal, mas aqui é mesmo uma marca de cerveja!)
- pula do car$%&$&% (somos nós!)
- moça (sou eu)
- tia (também sou eu)
- iáce (hiace em angolano)
- semáforo (polícia sinaleiro)
..... e muitas outras pérolas visuais impossíveis de descrever mas verdadeiramente hilariantes... basicamente, quando estiver deprimida, basta sair à rua e é sempre a rir!!!
Para já é tudo... não percam as cenas dos próximos episódios.... Beijocas!
[eu sei que sou uma ignorante informática, mas ontem toda pimpona lá criei um fotolog, demorei p'rai 5 horas com esta net ultra-rápida para chegar à conclusão que num fotolog (versão de pobre) só se pode postar uma foto por dia... dado que já tenho aí umas 500, daqui a um ano e meio poderão vê-las :P depois lá tentei pô-las no talho (vulgo i cinco) mas só dava erro e fotos....... á-indá!!! (estou quase engajada!)]

A chegada...


Cá estou eu em Benguela!!! 3 aviões e quase 24 horas depois da partida...

Por incrível que pareça, Luanda não me chocou nada... é verdade que é desorganizada, o trânsito é um caos, e que abundam coisas parecidas com bairros de lata, prédios degradados e tal... mas até correu bem! Eu sabia que esta carinha de anja ainda me iria servir de alguma coisa e... não é que serviu mesmo??? Estava eu sozinhita à chegada do aeroporto, no fim de uma fila enorme só de homens, quando um segurança chama: "Senhora, senhora!" - e encaminha-me para a fila prioritária!!! (aquela dos adultos acompanhantes de crianças e grávidas e deficientes.... agora que penso melhor nisso, não me sinto muito lisonjeada :S) Whatever... o que interessa é que assim sendo, saí numa boa e já estavam à minha espera... só uns tipos a pedir é que tentaram convencer-me a dar-lhes o meu relógio (:O) mas quando eu disse que não, desampararam logo a loja!

Portantos... da viagem Lisboa-Luanda, a coisa mais chocante que recordo é o facto de me terem servido ao pequeno-almoço uma sandes de mousse de beringela com compota de cebola... isso mesmo, leram bem: mousse de beringela com compota de cebola!!!!! está tudo DOIDO???? isso é lá coisa que se coma? mousse de beringela??? com compota de cebola??? quem se lembou de fazer estas duas cenas??? e melhor: quem se lembrou de as por juntas????

Anyway, lá cheguei e segui para as instalações da empresa em Luanda e lá estive em reunião até às 11h e qualquer coisa até fazer uma pausa para comer (sim, para aqueles que estiverem curiosos... eu tentei comer a maldita sandwich... e era horrível... por isso tive que deixar para aí metade e ficar esfomeada até depois das 11h...)

Como em Angola tem que se comparecer 2 horas antes no aeroporto para qualquer voo, incluindo os domésticos... antes das 12h já estava a sair para a ligação a Benguela... que era só às 14h30!!!! SECA BRUTAL!!!!! Mas depois até correu bem... apesar de ser a Sonair, acho que o avião não deitava fumo (hihihi) até porque era um Boeing 737 acabadinho de adquirir e o mais confortável dos 3 que experimentei nas últimas 24 horas!!!

Lá aterrámos em Catumbela, num aeroporto militar, e viemos de carro até Benguela - outro nível, de facto - muito mais bonita, vê-se montes de palmeiras e outras árvores altas (que como é óbvio eu não sei quais são, dado que eu não reconheço sequer um pinheiro :P como bem sabe quem foi comigo ao Andanças).... esta zona é toda lindíssima (Benguela, Lobito, Lubango, ...) - vê-se muito verde a fazer fronteira com um mar azul lindoooooo!!!!
Já me disseram que aqui é relaxadíssimo e posso sair sozinha e ir para a praia e tudo e tudo e tudo!!!

E pronto, é tudo por agora! Portem-se bem e até breve! :P


(sim, ainda estou em negação... não, nunca cheguei a ficar nervosa, e sim... estou a ficar com medo de mim mesma quando finalmente tomar consciência que estou MESMO aqui, e que não vou estar convosco já no próximo fds, nem na próxima semana, nem na seguinte, and soi on and soi on....)